Os melhores canais de divulgação online para sua loja de carros

Fala, Bello! Se você está acompanhando a Jornada Digital #delojapraloja, já sabe a importância de se tornar uma autoridade no seu ramo. E isso passa por explorar de maneira eficiente os canais de divulgação online e offline. Basicamente, eles são os meios pelos quais você se comunica com sua base de clientes e futuros clientes, seja com anúncios, criação de conteúdo ou qualquer outra forma que crie vínculo entre sua marca e o público-alvo.

São inúmeras possibilidades na hora da escolha e, por isso, é necessário que você conheça melhor os principais canais de divulgação e suas particularidades. Desta maneira, conseguirá elaborar as estratégias mais adequadas para cada um deles e, especialmente, para ações combinadas. Dividi o assunto em algumas partes, a serem trabalhadas também nos próximos posts da nossa jornada.

Temas a serem abordados

  • Canais de divulgação online: Tema do post de hoje. Além de ter um site próprio e presença em portais online, há atualmente 3 redes sociais onde sua loja de carros pode atuar de maneira estratégica, na minha opinião. O foco do trabalho é em desenvolvimento de autoridade, relacionamento com o público, divulgação da marca e venda de produtos. Continue lendo esta postagem que vou convencer você sobre a importância de cada uma delas!
  • Instagram: Este assunto entrará na minha próxima postagem, que vai ao ar dia 24/07, sexta-feira. Meu intuito é ensinar as ferramentas para você dominar a plataforma e obter os melhores resultados com ela – sem, necessariamente, fazer qualquer investimento financeiro!
  • Facebook e Youtube: Além de falar exclusivamente sobre o Instagram, teremos um post dia 28/07 dedicado ao Facebook e ao Youtube, comentando sobre todas as suas possibilidades.
  • Site próprio: Ter um site próprio da sua revenda é algo tão importante que vai ganhar até um post separado – ele sai no dia 31/07. Por enquanto, posso dizer que seu endereço fixo dentro da internet, quando bem pensado (e eu vou explicar como fazer isso), pode ser a chave para o fechamento de muitos negócios! Também quero aproveitar para falar sobre portais e buscadores, dando dicas importantes sobre estes ambientes.
  • Marketing Offline: Mais adiante, em 04/08, haverá um conteúdo especial sobre Marketing Offline, ou seja, todas as ações que acontecem fora do universo digital. Não desconsidere jamais sua importância, mas tenha em mente que os limites ente o que é real e o que é virtual estão cada vez menos demarcados. Isso quer dizer que sua divulgação online e offline precisam caminhar juntas, numa estratégia que percorra a jornada de compra do cliente.
canais de divulgação online

Canais de divulgação online

O ambiente digital oferece muitos benefícios para a divulgação do seu negócio. Um dos principais está na possibilidade de segmentar seu público-alvo de maneira muito específica! Diferentemente das opções offline, que comunicam de maneira mais abrangente, os canais de divulgação online reúnem grupos de interesse que podem ser predefinidos e impactados, incluindo as personas que você deseja atender.

Conforme comentei acima, vou trazer um conteúdo especial sobre sites, portais e buscadores futuramente. Por isso, o foco hoje e na terça-feira que vem será nas redes sociais e suas possibilidades. Pela minha experiência com a Bello’s Car, hoje há 3 em que vale a pena investir: Instagram, Facebook e Youtube. Porém, é preciso lembrar que isso tem chance de mudar a qualquer momento! Primeiro porque seu público-alvo pode migrar para uma nova plataforma. E, segundo, porque nestes ambientes não é você quem dita as regras do jogo.

Como assim?

O que quero dizer é que as redes sociais são como uma casa alugada: você pode usufruir muito bem do espaço, mas ele não é totalmente seu. Por isso, há limitações sobre o que pode ou não ser feito e o dono do lugar tem a possibilidade de intervir quando desejar, mudando detalhes que impactam diretamente você. Sendo assim, o ideal é que sua empresa tenha presença nas plataformas e faça bom uso delas, mas sempre com o olhar voltado à manutenção de uma casa própria – seu site, onde a liberdade é total.

Atualmente, há uma série de redes sociais, cada uma com suas peculiaridades. As 3 que menciono aqui são uma sugestão para que você tenha um foco maior de trabalho, o que não descarta a presença nas demais. Porém, antes de decidir, faça a si mesmo as seguintes perguntas:

  • Meu público-alvo (ou buyer persona) está, de fato, presente nesta rede?
  • Tenho condições de aprender todos os detalhes sobre a plataforma antes de usá-la?
  • Consigo planejar e executar ações adequadas a suas particularidades para o melhor uso possível?

Pense bem a respeito porque – vale lembrar – sua empresa não precisa, necessariamente, estar em todo lugar! O que recomendo, no entanto, é que tenha atenção ao surgimento de novas redes sociais. Por mais que alguma delas não pareça a ideal no momento, crie um usuário com sua marca para garantir espaço – que pode ou não ser explorado no futuro.

Engajamento

Para se dar bem em qualquer rede social, especialmente nas 3 que são o foco deste e do meu próximo post, é preciso que você entenda a importância do engajamento. Isso quer dizer que seus seguidores precisam interagir com o conteúdo que publica por lá. Vou dar um exemplo: no caso do Instagram, esta relação se dá por meio de curtidas e comentários em posts, mensagens diretas enviadas para você, conteúdos salvos e enviados para outros usuários… Enfim, quanto mais dedicados a isso eles estiverem, mais alcance você ganha!

Aí você pode estar pensando: “então preciso apenas de muitos seguidores para gerar engajamento!”. Infelizmente, vou ter que jogar um balde de água fria, porque não é verdade! De nada adianta ter um número alto de gente seguindo seu negócio se estas pessoas não se interessam, de fato, pelo conteúdo que produz. Agora lembra quando comentei sobre a casa alugada? Então. No Instagram e no Facebook, especialmente, quanto maior o número de seguidores, menos gente vê seu conteúdo. Parece contraditório, mas isso acontece porque as redes sociais são canais de divulgação online gratuitos para o usuário, então a receita para sua manutenção precisa vir de algum lugar, concorda?

canais de divulgação online

Impulsionamento e anúncios

Aí é que mora o modelo de negócio das 2 redes mencionadas acima. Por meio do que é chamado de impulsionamento, você tem a possibilidade de levar seu conteúdo a mais pessoas dentro da base atual de seguidores. Obviamente, é necessário pagar por isso. Inclusive, dá também para atingir quem nunca ouviu falar da sua loja de carros mas que porventura vai se interessar por ela! Esta modalidade vem por meio de anúncios pagos, algo que entra também quando falamos em Youtube.

Como já disse, quem manda são os donos das plataformas. E está tudo bem: investir dinheiro em Instagram, Facebook e Youtube pode sim fazer parte da sua estratégia. Se você não tem caixa destinado para isso no momento, será então necessário pensar em divulgações que gerem um alto índice de engajamento com o público. Então, pela movimentação dos seguidores naquele ambiente, sua conta será levada de forma orgânica a mais pessoas.

A seguir, quero convencer você da importância de usar Instagram, Facebook e Youtube a favor do seu negócio com alguns dados impressionantes.

Instagram

canais de divulgação online

Em 2018, o Instagram atingiu a marca de 1 bilhão de usuários ativos mensais. E mais da metade deles utiliza o aplicativo todos os dias! Inclusive, a plataforma é muito usada por pessoas adultas: de acordo com dados de abril de 2020, 59,8% dos usuários têm entre 25 e 54 anos. Tenho certeza de que seu público-alvo faz parte destes números também!

Se isso não foi suficiente para considerá-lo melhor, saiba que marcas que estão no Instagram podem gerar 4 vezes mais interações com o público em relação ao Facebook, segundo informações divulgadas em 2018. Da base total de usuários ativos mensais, metade segue o perfil de pelo menos uma empresa (dados de 2018). De acordo com uma pesquisa feita especialmente com brasileiros em 2019, mais de 80% dos entrevistados concordam que o aplicativo ajuda a descobrir, pesquisar e decidir sobre a compra de produtos e serviços.

Por onde começar?

Caso ainda não tenha um perfil, crie uma versão comercial com o nome da sua revenda (se ele não estiver mais disponível, será necessário pensar em algo que remeta à marca de maneira clara). Se já é ativo na plataforma, certifique-se de que a conta está inserida nesta modalidade. É possível mudar sem grandes problemas. Somente assim, terá acesso a estatísticas importantes que vão muito além das curtidas e comentários! Além disso, poderá anunciar e promover conteúdo de maneira paga no aplicativo. Tudo isso é fundamental para gerenciar a presença no Instagram de maneira adequada.

Facebook

canais de divulgação online

De acordo com informações do próprio Facebook, todo mês 2,5 bilhões de pessoas usam a plataforma não somente para se conectar com amigos e familiares, mas também para descobrir coisas importantes para elas. Do total de usuários, 1,66 bilhão utiliza o aplicativo todos os dias. Comercialmente falando, há mais de 7 milhões de anunciantes ativos, no mundo todo, usufruindo dos serviços que a rede social oferece.

Mas agora se prepare porque o dado a seguir tem relação com nosso setor e fala especialmente de Brasil. Segundo pesquisa feita em 2018 com usuários do Facebook, 85% dos consumidores de automóveis no país usam o app para atividades relacionadas ao tema. Além disso, 37% dos consumidores de carros no Brasil utilizam a plataforma para conversar com amigos sobre o assunto. Alguma dúvida de que sua empresa precisa estar por lá?

Por onde começar?

Um erro muito comum que vejo no meio empresarial é a existência de perfis que deveriam ser pessoais sendo utilizados para a divulgação de negócios. Não importa se você já tem muitos amigos: é necessário recomeçar criando uma página comercial no Facebook. Da mesma forma que no Instagram, somente ela é capaz de trazer os dados necessários para que defina suas estratégias e possa impulsionar posts ou anunciar sua marca.

Youtube

Uma projeção realizada em 2017 prevê que, até 2021, o consumo de vídeos corresponderá a cerca de 82% de todo o tráfego na internet, sendo que as lives terão o maior destaque (alguma semelhança com o que já temos visto durante a pandemia?). Dentro disso, não dá para deixar o Youtube de lado. Segundo dados divulgados pela própria plataforma, 2 bilhões de usuários acessam seu conteúdo todos os meses. Mais de 70% do tempo de exibição dos vídeos vêm de dispositivos móveis, ou seja, smartphones e tablets.

Por onde começar?

Estes dados refletem com clareza a importância do consumo rápido e prático de informações. Ter um canal para geração de conteúdo relacionado à sua marca, promovê-lo a outros usuários e até mesmo anunciar em canais já consolidados podem ser excelentes estratégias dentro de um dos vários canais de divulgação online por vídeo existentes.

Começar um canal no Youtube é muito fácil: basta criar uma conta do Google, já que a plataforma pertence ao maior buscador do planeta. A partir daí, será possível inserir vídeos, comentários e playlists, além de poder avaliar vídeos de outros usuários e se inscrever em canais que tenham a ver com seu negócio como forma de relacionamento.

Nossa jornada continua na semana que vem com uma abordagem aprofundada sobre cada rede social. Haverá também conteúdo sobre as estratégias para que sua empresa seja mais vista pelos seguidores e atraia novas pessoas. Se tiver qualquer dúvida, é só vir falar comigo pelo Instagram @rodrigodbello. Siga também a conta do @autoconf_ para conhecer melhor nosso sistema especializado em revendas. Tamo junto!

Participe do nosso grupo no Telegram para conteúdos exclusivos sobre a Jornada #delojapraloja! Baixe o aplicativo e clique aqui para entrar.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Talvez você goste tambem

AUMENTE AGORA A PERFORMANCE DE VENDAS DA SUA LOJA DE CARROS!

Cadastre-se e receba mais informações sobre o sistema que vai revolucionar o seu gerenciamento de vendas.