Ainda vale a pena investir em ações de Marketing Offline?

Fala, Bello! Para finalizar nosso conteúdo sobre canais de divulgação, hoje é dia de abordar o Marketing Offline. Se você iniciou sua empresa antes da popularização da internet, tenho certeza de que tem total familiaridade com o tema. Afinal de contas, esta já foi a única forma de impactar o público pretendido! Apesar de os canais online trazerem uma série de vantagens, investimentos fora do ambiente digital não precisam ser dispensados. Ao longo das explicações, vou dar alguns exemplos de como podem ser interessantes a depender da sua estratégia de divulgação.

Marketing Offline

Busquei fazer uma divisão simples das mídias que podem ser melhor utilizadas por uma loja de carros, tendo mais uma vez como inspiração meu próprio negócio, a Bello’s Car. Então teremos a seguir detalhes sobre anúncios em televisão, rádio, mídia externa, jornais e revistas, levando em conta suas particularidades.

marketing offline

Televisão

Anunciar seu negócio na TV pode parecer uma missão impossível se você estiver mirando no intervalo de algum telejornal passado para todo o Brasil simultaneamente. De fato, esta opção é inviável para pequenas e médias empresas – e nem sempre é a mais adequada também. No entanto, é possível contar com veiculações locais e regionais na televisão aberta, até mesmo fora do horário nobre. Além de impactarem um público que está verdadeiramente dentro do seu raio de atuação, têm custo menor (e mais negociável). Não se esqueça também da possibilidade dos canais a cabo, que reúnem grupos de pessoas com características em comum, o que ajuda na segmentação.

A grande questão, tanto aqui quanto em alguns outros canais de divulgação que vou citar a seguir, é a escolha do momento em que sua propaganda vai aparecer. Procure selecionar o intervalo de programas que sejam vistos pelo público-alvo que deseja atingir! Além disso, lembre-se de que são poucos segundos para dar o recado que pretende. Sendo assim, o ideal é procurar apoio profissional para a tarefa.

Se você não tiver uma agência para fazer a criação do anúncio e a intermediação entre sua empresa e a emissora, terá que resolver algumas questões por conta própria. Isso envolve a contratação do espaço publicitário em si e de alguma produtora de vídeo para desenvolver a ideia que tiver. Tenha em mente também quais resultados palpáveis – e possíveis! – quer ter com a propaganda em questão. Assim poderá mensurar investimento versus retorno.

marketing offline

Rádio

Grosseiramente, dá para dizer que todo o trâmite para anunciar no rádio funciona como expliquei no tópico acima, sobre televisão. A grande diferença está no fato de que você terá 30 ou 60 segundos para captar a atenção do público sem recurso visual nenhum. E isso faz muita diferença, pode acreditar! Será necessário investir num bom texto publicitário, interpretado de maneira atrativa e pensado para o público certo.

Simplificar é a palavra-chave por aqui! Linguagem direta e sem rodeios é muito importante. E isso não quer dizer frases sem significado. Outro ponto importante é tratar o ouvinte por “você”, ou seja, na terceira pessoa do singular. O uso de imperativos (como “compre”, “ganhe”, “procure”) é válido, mas precisa vir em boa medida para não dar ao texto tom de autoridade – no sentido negativo da palavra!

Este canal de divulgação offline pode servir como ponto de contato entre sua marca e os clientes ou potenciais clientes. Dificilmente, um anúncio específico de produto gera a venda imediata, ainda mais quando falamos sobre veículos, que têm também o apelo visual. No entanto, para determinadas campanhas, o rádio pode ser um excelente aliado.

Na Bello’s Car, já nos utilizamos dele para divulgar nossa campanha de compra de carros com proposta em 30 minutos. Foi uma boa escolha porque é mais comum que as pessoas escutem alguma emissora dentro de um automóvel – com boas chances de ser próprio. Ou seja: impactamos quem gostaríamos por meio de um canal menos procurado do que antigamente, mas ainda assim adequado ao nosso negócio e necessidades.

marketing offline

Mídia externa

No Marketing Offline, os outdoors já foram muito mais comuns – hoje, deram espaço a outros formatos de mídia externa em painéis ou inseridos no mobiliário urbano, como frontlights e backlights. Todos têm sua importância, especialmente enquanto reforço de comunicação sobre sua marca ou sobre alguma campanha específica.

Sabemos que as pessoas estão super-estimuladas visualmente todos os dias, especialmente em função da internet. No entanto, em algum momento na rua ou em espaços públicos, vão se deparar com o próprio entorno. É aí que entram as mídias externas, que ganham relevância se forem bem posicionadas, chamativas e com uma mensagem clara.

Diferentemente dos banners e pop-ups vistos na internet, que podem ser facilmente bloqueados, anúncios físicos trazem um bom poder de impacto por comporem a paisagem cotidiana de maneira um pouco mais difícil de ignorar. Mesmo que pareçam destinados a um público mais amplo, podem ser sim direcionados a uma base particular de pessoas, especialmente por meio da localização estratégica.

Pegando carona no exemplo que dei sobre o rádio, um dos pontos da campanha feita pela Bello’s com relação à compra de carros está, justamente, no posicionamento de mídia externa nos locais em que nosso público-alvo trafega. Imagine o cenário: a pessoa escuta o anúncio e, em outro momento do dia, passa por um outdoor. Agora pense em variadas combinações que incluem também o ambiente digital. É nessa combinação de ações que você deve apostar!

Jornais e revistas

Os meios impressos são as mais antigas formas de levar informação ao público e, apesar de terem diminuído consideravelmente a circulação com o advento da internet, ainda podem ser interessantes para seu negócio. Se sua empresa for de pequeno ou médio porte, com atuação local ou regional, há publicações com as mesmas características que reúnem um grupo de leitores – fiéis ou eventuais – e podem ser exploradas por meio de publicidade.

Existe a possibilidade de segmentação na mídia impressa, como, por exemplo, no caso de uma revista especializada em automóveis ou de um jornal que circula na região onde está sua loja. Curiosamente, diversas pessoas ainda confiam mais nos anúncios em papel do que naqueles vistos online! Uma vez que é algo físico, há também certa perenidade, ou seja, mais de uma pessoa pode ser impactada pela mesma comunicação.

Vale a pena investir Marketing Offline?

Na hora de escolher em quais canais apostar, é preciso verificar primeiro seu público-alvo, os recursos disponíveis para a criação e veiculação da publicidade, sua estratégia enquanto marca… Enfim, são muitas variáveis. Mas uma coisa eu garanto: é indispensável que você saiba a importância de mesclar canais de divulgação offline e online!

Vivemos atualmente num contexto híbrido, em que a linha entre o que é real e o que é virtual está cada vez menos perceptível. É por isso que destaquei em alguns momentos do post que o Marketing Offline funciona como um reforço de comunicação – especialmente quando anda junto com um trabalho bem pontuado no ambiente digital. Aliás, vale lembrar já expliquei em detalhes tudo sobre canais de divulgação online por aqui – basta olhar os posts anteriores.

Leia mais: Como tornar sua empresa conhecida por meio do Instagram

Assim como você enquanto consumidor, seu cliente também percorre um caminho próprio até fechar negócio. E isso passa pelo quanto os estímulos oferecidos pela sua empresa são capazes de fixar determinada ideia na mente dele. Com planejamento estratégico, você é capaz de chegar lá, pode ter certeza!

Ficou com alguma dúvida? Pode vir falar comigo pelo Instagram @rodrigodbello. Siga também a conta do @autoconf_ para conhecer melhor nosso sistema especializado em revendas. Tamo junto!

Participe do nosso grupo no Telegram para conteúdos exclusivos sobre a Jornada #delojapraloja! Baixe o aplicativo e clique aqui para entrar.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Talvez você goste tambem

AUMENTE AGORA A PERFORMANCE DE VENDAS DA SUA LOJA DE CARROS!

Cadastre-se e receba mais informações sobre o sistema que vai revolucionar o seu gerenciamento de vendas.